Dr. Fábio Morando

Centro de Referência em Microcirurgia Ocular

Especialidades

Ceratocone

O que é o Ceratocone?

O Ceratocone é uma patologia corneana, é quando a córnea fica com forma de cone (protusa). Essa doença atinge os dois olhos, mas não é causada por inflamação e pode ser causada por vários outros fatores. A forma cônica da córnea provoca um astigmatismo irregular e há uma baixa da acuidade e qualidade de visão. Esta patologia é de ocorrência pouco frequente e o diagnóstico é feito, na maioria das vezes, entre a segunda e a terceira décadas de vida. No estágio inicial da doença, o diagnóstico é feito principalmente através de um exame chamado Topografia de Córnea. Nos casos mais avançados, o exame clínico pode ser suficiente para o diagnosticar a doença.

O Ceratocone está associado a algumas doenças, como a Síndrome de Down. É comum um padrão familiar, com vários membros numa mesma família afetados. O ato de coçar os olhos é considerado um fator de risco no desenvolvimento da doença, principalmente quando realizado de forma vigorosa e repetida.

Quais são os tipos de tratamento?

Óculos:

O uso de óculos pode melhorar a visão, mas não é suficiente para oferecer uma visão com qualidade.

Lentes de contato:

As lentes regularizam a superfície corneana e melhoram a visão dos pacientes. Sendo, na maioria dos casos, a primeira escolha de tratamento.

Crosslinking:

Este procedimento consiste na aplicação de radiação ultravioleta sobre a córnea em presença de vitamina B, tornando a córnea mais rígida e impedindo a progressão do Ceratocone. Este tratamento é feito com a utilização de anestesia de colírio.

Implante de anéis intracorneanos:

Reduzem a curvatura corneana, deixando a córnea parcialmente plana, reduzindo alterações de alta ordem.

Neste tipo de tratamento é utilizado o Laser de Femtosegundo. O laser cria um túnel na córnea e a seguir o cirurgião introduz o anel no interior do túnel. Com isso, obtendo um efeito de redução na curvatura corneana, proporcionando uma visão melhor para os pacientes submetidos ao procedimento. O procedimento é indolor e muito preciso, reduzindo os riscos de complicações e com melhores resultados, além de rápida cicatrização e retorno às atividades cotidianas.

PRK Topográfico:

Em alguns casos utiliza-se o laser para corrigir o grau residual que o paciente tenha. Junto com o laser, na maioria das vezes, é feito crosslinking, diminuindo a curvatura na área central e melhorando a qualidade de visão do paciente.

Não é um tratamento para todos os casos, pois depende do estágio que a doença se encontra. Existem casos em que um paciente passa pelo crosslinking em um olho e anel no outro olho. Isso é variável de acordo com o nível do Ceratocone.

Convênios

O Instituto de Olhos de Carangola mantêm parceria com vários Convênios e planos de saúde. Muito mais comodidade e praticidade para nossos pacientes.

Logo

Rua Cel. Olimpio Machado nº 07 - 2º andar, Centro, Carangola - MG

Segunda a Sexta de 8h às 18h
Sábados de 8h às 12h

32. 98497-8468

32. 3741-4086
32. 3741-2707

Direção Técnica: Dr. Fábio Morando - CRM 38849

Copyright © 2018 - Instituto de Olhos de Carangola - Todos os direitos reservados